O Passeio

O Passeio de Pierre-Auguste Renoir

Deuses do Amor - Última atualização: 6 de maio de 2024

O Passeio (francês: La Promenade) é uma pintura a óleo sobre tela do pintor impressionista francês Pierre-Auguste Renoir, datada de 1870

Renoir criou esta tela, a primeira obra impressionista do artista, medindo 80 x 64 cm, em 1870. Atualmente ela está exposta no The J.Paul Getty Museum, em Los Angeles.

Curiosidade: o artista nunca deu título à obra.

O tema consiste em um casal que passeia romanticamente, talvez ao longo do Sena, em meio a uma vegetação exuberante. O jovem estende galantemente a mão à mulher para ajudá-la porque encontrou um obstáculo no caminho; ele está elegantemente vestido e usa um chapéu de aba curta.

A mulher usa um vestido leve e arejado cheio de luz. A artista, para representar dois personagens em determinada situação, utiliza extraordinários efeitos de luz.

A luz, filtrada por entre as árvores, invade o vestido branco da moça e em parte as roupas do jovem. A técnica da luz filtrada passará a ser uma característica de todas as telas de Renoir

A natureza tem uma gradação de verde que vai do verde escuro dos pontos sombreados ao amarelado dos espaços atingidos pelo sol.

O efeito obtido sublinha um perfeito equilíbrio e integração entre as personagens e o cenário, num jogo muito apurado de reflexos e sombras que invade toda a cena.

Alguns críticos viram o uso de Renoir de um casal íntimo passeando na floresta como um motivo popular em cenas rococó, como as festas galantes de Watteau ou telas de Fragonard ou Boucher.

Porém, ao contrário das imagens de sedução pintadas pelos pintores do século XVIII, nesta tela Renoir capta, quase por acaso, um momento fugaz, ambientado no meio da natureza e não no ateliê de um artista.


Gostou desta matéria sobre O Passeio de Pierre-Auguste Renoir? Se sim, por favor, curta abaixo com um Like para que possamos entender melhor os interesses de nossos leitores. E leia mais dicas aqui