Não vejo futuro com ele

Carta para os Deuses – Não vejo futuro com ele, mas não sei como lidar.

Deuses do Amor - Última atualização: 24 de maio de 2024

#conselhosdeamor Nesta seção, Cartas para os Deuses, todas as semanas, publicamos as respostas às perguntas que vocês nos enviam. Se você também deseja uma resposta para seus problemas sentimentais, escreva-nos através da página de contato


Não vejo futuro com ele, mas não sei como lidar.

Queridos Deuses do Amor,

tenho 28 anos e há um ano e meio fui deixada de um dia para o outro depois de 8 anos de relacionamento sem motivo aparente, que descobri depois, o motivo existia e respondia pelo nome de um colega. 

Depois da descrença e da raiva, me redescobri nova, mais forte, mais confiante e acima de tudo, eu que precisava da aprovação dele para comprar até mesmo uma calça jeans. 

Há alguns meses conheci um cara e fiquei impressionada. Mas depois aconteceram algumas coisas tanto no trabalho como a nível familiar que me desestabilizaram e me fizeram travar. 

Então percebi tarde que viajamos em 2 caminhos diferentes: ele quer uma história séria, não sei como vou acordar amanhã. Ele fala sobre o futuro e vejo apenas neblina. 

Talvez meu relacionamento com meu ex tenha me decepcionado o suficiente para não desistir, mas não consigo encontrar um espaço seguro em minha mente para ele. Eu o vejo como o cara certo na hora errada. 

Não quero machucá-lo, mas também não quero iludi-lo. Em pouco mais de 2 semanas será o aniversário dele e lamento deixá-lo passar um mau bocado. 

Por outro lado, não acho certo esperar para falar com ele e dizer que, apesar dos bons momentos que passamos juntos, não vejo amanhã com ele.

(Virgínia)

Os Deuses do Amor respondem

Querida Virgínia, pelo que vejo, você já descobriu muito bem o que fazer. 

A sua única dúvida parece ser: «Antes ou depois do aniversário?». E isso me parece ser a questão menor. Pense desta forma: o melhor presente que você pode dar a alguém é ser honesto. 

Você não agrada os outros iludindo-os, fazendo-os inviabilizar projetos e cultivando falsas esperanças. Em vez disso, antes ou depois de acontecer, faça-o entender o que você me explicou tão bem: o problema não é ele, mas… o acelerador muito pressionado. 

Quem sabe se ele aceitasse não te definir demais, não construir grandes prédios, mas viver ali dia a dia, o seu nem seria uma despedida, mas um reajuste. 


Gostou desta resposta a carta sobre Não vejo futuro com ele, mas não sei como lidar? Se sim, por favor, curta abaixo com um Like para que possamos entender melhor os interesses de nossos leitores. E leia mais cartas aqui